Tem gente que até esquece de beber água, deixando para fazer isso apenas depois de comer um docinho.
Se você se identificou ou conhece alguém que age dessa maneira, hoje vou falar da importância de beber água com frequência.
Algo que vai muito além de manter a pele bonita.
Tudo bem que uma cútis radiante também depende de boa hidratação. E não é só por meio de cremes!
A água revitaliza as células e mucosas, resultando em hidratação de dentro para fora.
O jeito mais eficiente e barato de evitar desconfortos como descamação e ressecamento.
Mas aqui estão outros benefícios desse líquido poderoso:
Absorção e transporte de nutrientes e glicose, além de ajudar na condução dessas substâncias pela corrente sanguínea e no envio delas para as diversas áreas do organismo.
Perda de peso – a água diminui a retenção de líquidos porque estimula o trabalho dos rins;
proporciona sensação de saciedade (beber dois ou três copos de água antes da refeição ajuda a controlar o apetite). O bom também é que ela não possui caloria!
Desintoxicação – por estimular idas e mais idas ao banheiro, a água auxilia na limpeza do trato urinário, favorecendo a prevenção e o tratamento de infecções nessa região.
E ainda: em ação conjunta com as fibras alimentares, o líquido participa da formação e hidratação do bolo fecal. Com isso, evita o ressecamento dele e a constipação intestinal.
Já no aparelho respiratório, facilita seu funcionamento, pois dilui o muco e ajuda a expectorar os resíduos pulmonares.
Regula a temperatura do corpo durante as atividades físicas ou quando o clima está muito quente. A água é liberada pela transpiração para ajustar a temperatura e evitar que nosso
organismo esquente excessivamente ou sofra mudanças térmicas bruscas.
Por que devemos beber água em boa quantidade?
Funções vitais dos órgãos dependem da água para acontecer de forma plena. De 40% a 80% do nosso peso são compostos por água, ou seja, não é possível viver sem ela.
E não temos reservatório para ela; não temos condições de armazenar o líquido em nosso corpo.
Não é à toa que precisamos tomar, em média, dois litros de água por dia. Caso contrário, não podemos suprir adequadamente todas as necessidades do organismo.
Em 24 horas, perdemos praticamente essa quantidade de líquido através da urina, transpiração, respiração e demais atividades que sustentam as funções vitais.
Deu para entender agora o porquê daquele conselho “beber pelo menos oito copos de água todos os dias”?
Um dos grandes erros é esperar sentir sede para fazer isso. A sede é um sinal de alerta; é quando o organismo avisa que a quantidade de líquidos já está abaixo do nível ideal.
Conhece alguém que faz isso? 
Não reabastecer com frequência provoca a desidratação e, por consequência, problemas como: fraqueza, dor de cabeça, fadiga, tontura e menor volume de sangue que o normal
– o que resulta em mau funcionamento do coração.
Para evitar “esquecimento”, a dica é manter uma garrafa de água sempre por perto. E se dois litros parecerem demais para você,
ainda é possível completar a ingestão diária com água de coco, sucos, leite, frutas, sopas e chás.
Se os pontos acima não são suficientes ainda para convencer você da importância da água para nossa saúde, saiba que uma pessoa poderia suportar até 200 dias sem comer.
Mas, sem água, essa resistência duraria cerca de 36 horas, e o organismo começaria a entrar em colapso.
Ou seja, entraria em séria crise, comprometendo todos os sistemas e, claro, nossa vida. Então, está esperando o que para mudar hábitos e manter aquela garrafinha de água sempre à mão?
Caso já faça isso, parabéns! Seu bem-estar e sua pele agradecem.